quinta-feira, 4 de setembro de 2008

A vida de Rivaldo no Bunyodkur

Na semana passada, Rivaldo trocou o AEK Atenas pelo Bunyodkur, clube do Uzbequistão.

Esta equipe era mais conhecida como Kuruvchi, mas alterou seu nome nesta temporada.

No cenário mundial, o time ficou conhecido por tentar a contratação de Samuel Eto'o. O camaronês preferiu permanecer no Barcelona.

Já o brasileiro não resistiu aos 10 milhões de dólares. Esse é o valor que receberá pelos dois anos de contrato.

No clube de Tashkent, Rivaldo vestirá a camisa 6. E terá uma grande responsabilidade.

Manter o Bunyodkur na liderança do campeonato uzbeque (atualmente tem 51 pontos em 19 partidas) e levar a equipe o mais longe possível na Liga dos Campeões asiática (estão classificados para as quartas-de-final).

Os altos valores oferecidos aos atletas vem do patrocinador do clube, uma empresa petrolífera. A Zeromax é comandada pela filha do presidente do país, logo, a tarefa fica menos complicada.

4 comentários:

carlos pizzatto disse...

Uzbequistão, veja você...

O futebol está mais globalizado, e capitalista, do que nunca!

Marcelo Bloc disse...

Copa passada torci muito para o Uzbeque chegar ao mundial (esteve bem próximo).

Na primeira goleada que levasse, alguém fatalmente viria com a piadinha: "Esse time não tem defesa. Onde é que 'Uzbequistão'?".

Irene disse...

não é bem um comentario! alguem pode me dizer o site do bunyodkur?

Alexandre Massi disse...

Irene,

Este post é antigo, não sei se vai acabar vendo. Enfim, aí vai o link com o site oficial do bunyodkor:

http://www.pfc-kuruvchi.com/eng/index.asp

Da próxima vez, deixe seu e-mail, assim poderei tirar suas dúvidas com a certeza de que ela será vista.

Abraço e obrigado pela visita