segunda-feira, 27 de abril de 2009

O desligado Santos

A derrota por 3x1 para o Corinthians na primeira partida da final do Campeonato Paulista evidenciou, mais uma vez, um problema crônico do Santos nesta temporada: um time que sofre muitos gols no início dos jogos.

Com o de Chicão hoje, já são oito sofridos em 2009 nos primeiros 15 minutos.

Falha gravíssima, ainda mais de tratando de uma decisão.

A contagem seria ainda maior se incluíssemos os que foram anotados no início do segundo tempo. Quem não se lembra, por exemplo, do gol "relâmpago" de David, da Ponte Preta, aos 7 segundos. Era a partida que valia a classificação para as semifinais. Ou o de Keirrison, na sexta rodada, com 42 segundos.

São erros sucessivos, que vem desde o tempo em que Márcio Fernandes era o treinador.

Com Vagner Mancini, parecia que as coisas se acertariam. Mas os últimos confrontos mostraram que a equipe continua desatenta. Palmeiras, CSA e Corinthians que o digam.

Abaixo, você encontra a lista completa dos gols sofridos pelo Santos com até 15 minutos de bola rolando:


25/01 - 2ª rodada - Noroeste 1 x 2 Santos - Borebi - 1 min

08/02 - 6ª rodada - Palmeiras 4 x 1 Santos - Edmílson - 15 min

12/02 - 7ª rodada - Marília 1 x 0 Santos - Claudio - 8 min

18/02 - Estreia Copa do Brasil - Rio Branco 1 x 2 Santos - Juliano César - 5 min

22/03 - 15ª rodada - Corinthians 1 x 0 Santos - Dentinho - 15 min

11/04 - 1ª semifinal - Santos 2 x 1 Palmeiras - Keirrison - 8 min

22/04 - 2ª fase Copa do Brasil (volta) - Santos 0 x 1 CSA - Júnior Amorim - 7 min

26/04 - Final - Santos 1 x 3 Corinthians - Chicão - 10 min

4 comentários:

Carlitos Jampa disse...

O que falar do Felipe,do Chicão, do Alessandro,do Elias, do Mano Menezes? Estou sem palavras para definir Ronaldo, o que falar de um jogador desacreditado, chamado de baladeiro, gordo,ex- jogador de futebol... com três contusões fenomenais, o que posso falar da matada de bola que ele deu, puxando para o pé esquerdo, e finalizando com perfeição, o que posso falar, do terceiro gol do Corinthians... parecia que eu estava vendo um treino, onde aqueles jogadores sem nenhuma responsabilidade arriscam alguma uma jogada de efeito, sério, quem faz o que ele fez só pode estar brincando de jogar futebol. O que falar de um time que não conhece derrotas? Eu assisti o jogo pela Band, e houve um momento , acho que foi no início do segundo tempo, onde focalizaram o Pelé ligando do seu celular, todos estavam curiosos para saber pra quem ele estava ligando. Mas eu descobri!!! Ele estava ligando para o ouríves para encomendar uma placa para homenagear um certo ex-jogador, que brincou na Vila Famosa, e que ficou mais famosa!!!

Carlos Pizzatto - Blog do Carlão disse...

Não tinha atentado a estes números. Interessante.

rafaeldac disse...

Normalmente muitos times são punidos pela desatenção em uma partida de futebol ao término do tempo, seja do primeiro ou segundo...muito curioso que o time santista tenha esse lapso nos primeiros 15 min.

Massi, não conhecia seu blog e estou aqui pela primeira vez lendo e comentando...sou um apaixonado por futebol e além de tudo por esportes em geral. Parabéns pelas postagens !

Felipe Simi disse...

Massi,

Belíssima observação. E esses cochilos tem custado caro p/ o Santos. Entretanto, prefiro dar o mérito desses gols-relâmpagos aos adversários. O Santos ainda é um time jovem - unido, é verdade -, mas imaturo e, às vezes, afoito demais.

Abraços,
www.esportejornalismo.blogspot.com