terça-feira, 9 de junho de 2009

Comentários sobre o título de Federer

Sem dúvida alguma, a conquista de Roger Federer em Roland Garros foi o grande feito esportivo de 2009 até aqui. E tem tudo para ser até o fim do ano.

Não é qualquer dia que um tenista alcança a marca de 14 títulos de Grand Slam e consegue vencer os quatro principais torneios do circuito como profissional.

Algumas reações de pessoas que estão vivendo diariamente no mundo do tênis foram interessantes.

Deixo aqui algumas das declarações:

Ilie Nastase (romeno, número 1 do mundo em 1973) - "É curioso, esse ano ele não jogou tão bem e levou o torneio. Houve anos em que ele jogou melhor e não ganhou".

Jo-Wilfried Tsonga (francês, nono do mundo) - "É mágico! Quando ele ganhou, tive arrepios. Foi a primeira vez que vi integralmente uma partida de tênis pela televisão".

John McEnroe (americano, número 1 em 1980) - "Ele é um tipo que tem a classe. Ele trabalhou duro e aceitou todos os desafios. Se tem alguém que merecia, era ele. Ele adoro o jogo, tem prazer em jogar tênis. Foi formidável para mim porque, de certa maneira, ele praticamente permitiu que eu tocasse o troféu, eu que só consegui me aproximar dele (em 1984, perdeu a final em cinco sets para Ivan Lendl)".

Pascal Maria (francês, juiz de cadeira da final de Roland Garros) - "Quando o invasor interrompeu a partida, tive medo por Roger. Me perguntei se isso não iria ser a reviravolta da partida. [...] Se me lembro do match point? Não! Não totalmente".

2 comentários:

Rui Moura disse...

Leia a entrevista exclusiva de Ney Franco ao Mundo Botafogo em http://mundobotafogo.blogspot.com

Abraços!

Rafael Campos disse...

Mais do que nunca a gente está tendo a oportunidade de ver uma história ser construída no tenis...