segunda-feira, 24 de agosto de 2009

O fracasso brasileiro no Mundial de Atletismo

Escândalo de doping às vésperas do Mundial, cinco finais e nenhuma medalha conquistada.

Berlim-2009 não poderia ter sido pior para o Brasil.

E dessa vez não há como responsabilizar a falta de investimento.

A culpa é dos atletas.

Eles sempre cobraram melhores condições de treinamento e ganharam um centro de excelência em Bragança Paulista.

Maurren Maggi assinou novos contratos.

Fabiana Murer cansou de fazer intercâmbio na Europa com o técnico de Yelena Isinbayeva.

Jadel Gregório, mais uma vez, se dividiu entre Brasil e Inglaterra.

Portanto, com estas e outras vantagens recebidas por toda nossa delegação, não é possível que apenas um de nossos 42 atletas tenha superado sua marca pessoal (Adriano Bastos completou a maratona em 2h15min39)!

A preparação não foi adequada.

Ninguém chegou 100% para o Mundial.

Como explicar isso aos patrocinadores do atletismo nacional (que já não são muitos!)?

Se nossos atletas não atingem o auge de sua forma na competição mais importante depois das Olimpíadas, quando atingirão?

Se quando recebem mais verba não treinam como deveriam, por que as empresas devem pensar a longo prazo e investir na modalidade durante os quatro anos do ciclo olímpico?

Com um desempenho destes, não dá para cobrar nada!

7 comentários:

Blog do Carlão - Futebol é nossa área disse...

Este argumento da superação da marca pessoal é forte.

deTrivella disse...

Na mosca, Massi. Pergutaram pra Murer o que deu errado e ela: "Não sei".
Caramba! Não sabe nem o que deu errado ?
e bota grana da Ciaxa Federal nos bolsos deles. Chega!

Rafael Campos disse...

Essa questão das marcas pessoais realmente é o q pega.

Tivemos a oportunidade de acompanhar o ótimo desempenho brasileiro em outro mundial, o da natação, onde os atletas brazucas lutaram muito e conseguiram trazer de lá o melhor tempo de suas carreiras...enquanto no atletismo temos essa triste notícia de que apenas uma atleta conseguiu voltar com a superação estampada em seu tempo. Enquanto Usain Bolt contava os dias para brilhar no mundial atleta brasileiro após a prova diz que já não estava 100% para o mundial, triste.

Passe Quicado disse...

de todos a pior decepção foi a Fabiana Murer.
Tava tudo dando certo p/ ela, a yelena dementieva ñ conseguiu marca e d repente, na hora "H"... ela ñ sabe o q aconteceu (no mínino tinha q vim com medalha)

cheguei tb a achar q as meninas do
4x100m iriam conseguir um bronze foram bem na semi-final e na final cansaram...

o brasil no atletismo é só pra agente da risada mesmo.

Teve um japa (velocista brasileiro) q eu ri de +. A sportv fez a maior presepada q ela tinha grandes chances e tal. na PRIMEIRA eliminatória ele ficou ultimo, quando o reporter foi entrevistar ele, o que aconteceu?
Ah, eu cansei... (foi a 1ª eliminatória, só se ele cansou da viagem do japão pra alemanha) hauhauahauha

Abração
http://passequicado.blogspot.com/

Equipe Esporte Total disse...

Depois desse vexame quem é que irá patrocinar essas outras modalidades de esporte?
Depois reclamam da falta de patrocínio.
http://esportetotalbh.blogspot.com/

Guilherme Giorgi Costa disse...

Massi, realmente a participação no mundial foi péssima.
Teve outro atleta que melhorou sua melhor marca. Uma menina da maratona que só tinha disputado UMA MARATONA NA VIDA
hahahaha
Mas enfim, acredito que os atletas tenham sua parcela de culpa. Mas não toda.
O centro de excelencia em Bragança não é usado por todos, muitos atletas da equipe de Bragança não moram lá, então não treinam lá.
Nossos médicos não estão no mesmo nível dos estrangeiros. Basta ver que nosso principais atletas(Maurrem, Jadel, Jessé e Marilson) se machucaram e não puderam dá 100%

Quanto a melhorar marcas, foi realmente pessimo apenas dois melhorarem as marcas. Porém, tem que ver que no atletismo as marcas realmente demoram muito mais para cair. Nao fiz um levantamento no mundial, mas na Olimpíada lembro que apenas 2 a cada PROVA faziam os melhores tempos de sua vida, em média. Ao contrário da natação que todos fazer as melhores marcas na competição.

São só uns adendos, mas reitero que a participação foi PÉSSIMA!

Ramon Lopes disse...

O resultado realmente não poderia ter sido mais vergonhoso. O pior foi que os atletas não estavam conseguindo bater a marca pessoal, que normalmente é atingida nos treinos. Vergonha total