segunda-feira, 16 de novembro de 2009

A disputa de pênaltis mais exótica da história do futebol

Tentar desestabilizar o jogador na hora da cobrança da penalidade é uma tática muito adotada pelos goleiros.

Mas da forma como foi feito no futebol universitário americano, eu nunca tinha visto.

Nenad Cudic, goleiro do Hartford, deu uma de Daiane dos Santos e começou a dar estrelas na linha do gol enquanto o atacante do Stony Brook se preparava para chutar.

Já o goleiro adversário, Anthony Rogic, foi supersticioso, deu três pulinhos - como pede São Longuinho - e ainda virou de costas para o cobrador.

A cada gol marcado, mais provocação.

Saiba quem se deu melhor na arte de desestabilizar o oponente no vídeo abaixo:

3 comentários:

Leonardo Resende disse...

Ver coisas como essa só mostram como o futebol sempre apronta das suas.

Que coisa bizarra.

Lembro que em um desses campeonatos universitários americanos um jogador fez gol de lateral após dar um salto mortal antes de jogar a bola na área, que bateu no goleiro adversário e entrou... uma coisa bizarrissima, como esse goleiro pirueteiro aí, hehehe

Visite também o Rio Futebol, se puder!

Grande abraço,

Leonardo Resende
Rio Futebol
http://riofutebol.blogspot.com
adm.riofutebol@gmail.com

Camilo disse...

Interessante notar que os goleiros de adiantam mais do que o Rogério Ceni. Inacreditável!

Anônimo disse...

Quem fez isso muito melhor foi Cevallos, da LDU, na final da Libertadores. Simplesmente, o sujeito saiu c** e andando pro Thiago Neves que errou a cobrança