terça-feira, 20 de novembro de 2007

O fenômeno LB

Ninguém no Brasil tem comentado, mas Leandrinho Barbosa, ou "LB" para os norte-americanos, tem sido um dos principais atletas da NBA neste início de temporada.

Com média de 19,9 pontos por jogo, ocupa o 25º lugar nas estatísticas da liga. Esse número é mais impressionante se pegarmos o tempo em que o brasileiro fica em quadra, 33,4 minutos. Entre os 25 melhores colocados, apenas três tem média inferior de minutos e pontuação superior. Um deles é o argentino Manu Ginóbili, que registra 20 pontos por jogo em 28,8 minutos.

Vale lembrar que Leandrinho é reserva no Phoenix Suns, mas mesmo assim é o cestinha do time.

O melhor sexto homem da temporada passada também tem se destacado nos três pontos. Ele perde apenas para Rashard Lewis, do Orlando Magic, e Peja Stojakovic, do New Orleans Hornets, no número absoluto de cestas de três. Registra 28, contra 39 e 35 dos rivais, sendo que estes já disputaram doze jogos. A equipe do Arizona foi à quadra em dez ocasiões.

Nos roubos de bola aparece em 24º, com média de 1,7. Em assistências é o 73º da liga, com 3,2.

Por último, a NBA possui um tipo de estatística diferente, denominada Eficiência. É uma maneira mais completa de avaliar os jogadores, contemplando todos os seus números (pontos, rebotes, assistências, faltas, perda e roubada de bola e muitos outros critérios). Nela, Leandrinho aparece em 61º lugar, empatado com Tony Parker, armador do San Antonio Spurs.

Esses números são mais um motivo para todos votarem no brasileiro para o All-Star Game 2008.

4 comentários:

Breiller disse...

Para o Leandrinho ser ídolo aqui no Brasil, faltam jogadores do mesmo nível para atuarem ao lado dele na Seleção. O que a gente vê, quando tem jogo do Brasil, é que ele está com um nível técnico bem acima dos companheiros. Não é à toa que tá fazendo bonito na NBA. Os posts do blog estão muito bons, Massi. Mostrando bem que esporte não se resume a futebol. Abraço.

Ricky_cord disse...

Não conheço, mas vou procurar estar atento.

Victor Hugo Antinossi disse...

O que não entendo é que o bom atleta brasileiro nunca é valorizado pelo nosso povo.

O que o brasileiro faz por Gustavo Kuerten? Vanderlei Cordeiro? Ayrton Senna? Pelé? Garrincha? Nada. Absolutamente nada!

Confira o Raio X do Brasileiro Série B 2007:
http://futegol.blogspot.com

Filipe Araújo disse...

além de um grande ogador, ele édiferenciado em algumas atitudes fora de quadra.

pena que poucos do time principal do brasil pensam da mesma forma.

com certeza estaríamos de volta ao cenário do basquete mundial.

abrazo!!

http://gambetas.blogspot.com