terça-feira, 29 de julho de 2008

Nadal não queria jogar o Masters Series de Cincinnati, mas...

A chance de superar Roger Federer no topo do ranking o fez mudar de idéia.

Após o título em Wimbledon, o espanhol se reuniu com seu staff para definir a programação até o US Open.

Ficou decidido que Nadal atuaria em Toronto - onde conquistou o título - e, provavelmente, abriria mão de Cincinnati para se preparar para os Jogos Olímpicos.

Poderia fazer uma aclimatação, se adaptar ao fuso horário, se dedicar exclusivamente aos treinos durante dez dias e poupar seus joelhos, já que tem tendinite.

Além disso, "Rafa" - e muitos outros tenistas - se queixam da estrutura do torneio americano.

"Não há nada para fazer. Só tem um centro comercial e um campo de golfe", diz ele.

Porém, todos estes fatores contrários foram relegados a segundo plano com a possibilidade de liderar o ranking da ATP.

Agora, Nadal tentará tirar a diferença de Federer, embarca assim que terminar o evento para Pequim, pois o torneio olímpico tem início no dia 9 de agosto.

Esta decisão de Nadal pode proporcionar surpresas nestas duas competições. É bom ficarmos de olho.

Caso vá bem em Cincinnati, sentirá o desgaste na China e terá muita dificuldade para lutar por uma medalha.

Se for mal agora, veremos o melhor "Rafa" nos Jogos, com técnica e muita vontade. E, neste caso, as coisas se complicariam muito para o suíço.

Um comentário:

Vitor disse...

massi,


acho que a fase do nadal é tao boa que ele briga por medalha independentemente do resultado em cincinatti...até pq todos os melhores tenistas terao essa dificuldade de aclimatação!!!

abração