segunda-feira, 23 de março de 2009

Na Romênia, jogador nega ter sofrido pênalti e árbitro revê marcação

Em partida válida pela 21ª rodada do campeonato romeno, o meia Costin Lazar, do Rapid Bucareste, foi derrubado dentro da área e o juiz assinalou penalidade máxima.

Porém, ao se levantar, o jogador foi informar ao árbitro que não houve pênalti no lance.

O juiz "acatou a decisão" do camisa 15 e anulou a infração.

Naquele instante, o Rapid derrotava o Otelul por 2x0. Após o "fair play", o time da casa ainda marcou mais dois gols.

O que você achou do lance?



Em tempo: Cláudio Pitbull é o mais conhecido dos cinco brasileiros que atuam no Rapid. Ele foi cedido pelo Porto por uma temporada e nesta partida ficou no banco de reservas durante os 90 minutos.

*Corrigido

4 comentários:

Carlos Pizzatto - Blog do Carlão disse...

É um lorde.

Ricky_cord disse...

Pitbull não foi emprestado pelo Setúbal, mas sim pelo FC Porto

Anônimo disse...

Pênalti Legítimo!

Anônimo disse...

Ganhando de 4 a Zero ou perdendo um Penalti legítimo não faz diferença. Miguel Lanzarin